Febre Amarela

O Brasil enfrentou em 2016/2017 um grande surto de febre amarela, envolvendo principalmente os estados da região Sudeste, com destaque para Minas Gerais e Espírito Santo. Embora o número de casos humanos de febre amarela confirmados seja maior que o observado em surtos anteriores, ressalta-se que todos esses casos são de residentes em zonas rurais ou que tiveram contato com áreas silvestres por motivos de trabalho ou de lazer.

Em virtude da proximidade do período sazonal da doença, a Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) retomou a produção de informes semanais sobre a situação atual da doença no Brasil. Esses informes apresentam dados sobre a vigilância de casos humanos, vigilância de epizootias em primatas não humanos (PNH), vacinação, além de outras informações relevantes sobre o assunto.

[+] Mais Informações

Fonte: Ministério da Saúde